A história do Volkswagen Gol

A história e gerações dos 35 anos do VW Gol

Ele pode não estar no seu auge, mas tem uma longa e importante história no Brasil.
Estamos falando do Volkswagen Gol, modelo que completa neste mês 35 anos, sendo que destes, passou 27 na liderança do mercado nacional.

Projetado e desenvolvido no Brasil, o Gol foi lançado no dia 8 de maio de 1980 e está em sua 5ª geração. Em seu histórico há marcas importantes, recordes e inovações do setor. Desde seu lançamento, já foram produzidas mais de 8,7 milhões de unidades, sendo 7.755.071 feitas no Brasil e as demais na Argentina, com peças enviadas daqui.

Outra marca importante é a soma de 6.581.972 unidades comercializadas no mercado nacional e 1,2 milhão de unidades exportadas para 66 países, números que o transforma no automóvel brasileiro historicamente mais produzido, comercializado e exportado da indústria nacional.

O Gol também é o 8° modelo mais produzido do Grupo Volkswagen no mundo e o 7º mais produzido da marca Volkswagen no mundo.
Antes dele os mais produzidos são, na ordem: Golf, Beetle, Jetta (incluindo Bora, Vento e Sagitar), Polo (hatch), Passat (incluindo Santana), Tranporter e Audi A4.

História: 35 anos do Gol
O projeto do Gol começou em 1976 e foi desenvolvido levando em conta as condições de uso no País, tendo como base pilares como a resistência, economia, durabilidade e capacidade para levar cinco pessoas. O nome também foi estrategicamente pensado com profunda ligação emocional num País onde a paixão pelo futebol transcende os limites do esporte.

Gol G1


Primeira geração do VW Gol – 1980
O primeiro Gol tinha motor refrigerado a ar, com 1.300 cm³ e 47 cv (uma variação do usado no Fusca, com que conviveria até 1986) e câmbio com quatro marchas. Suas linhas eram inspiradas nas do Passat, modelo de porte médio da Volkswagen na época. Com carroceria tipo hatch, o primeiro Gol era oferecido nas versões S e L, ambas com duas portas. Entre os anos 1970 e o final da década de 1990, com raras exceções, carros com quatro portas não tinham aceitação no mercado brasileiro.
Em 1981 o Gol ganhou um motor mais potente, com 1,6 litro e 67 cv, também refrigerado a ar. A primeira versão com motor de quatro cilindros em linha, com refrigeração líquida e câmbio de cinco marchas, foi lançada em 1984. Logo em seguida viriam os motores 1,6 litro e o primeiro Gol GT, com 1,8 litro.

VW Gol GTI de 1988

Em 1988 surgiu o Gol GTI, o primeiro carro brasileiro com injeção eletrônica, com um sistema analógico que teve que ser totalmente desenvolvido no País, já que na época a importação de equipamentos digitais, disponíveis no exterior, era proibida.

VW Gol GTI de 1989


A injeção eletrônica multiponto, já com sistema digital, um importante avanço, passou a ser oferecida em 1997.

Gol G2 (Bolinha)


Segundo geração do Gol – G2 (Bolinha) 1994
A primeira grande transformação do Gol aconteceu em 1994, com o lançamento da segunda geração do modelo. O design arredondado chamou a atenção e logo rendeu o apelido de Gol “Bolinha”.

Foi uma grande evolução, passando a ter mais espaço interno, porta-malas maior, mais segurança e menor nível de ruído. Em seu projeto já contemplava novos padrões mundiais de proteção ambiental, com componentes antipoluentes, utilização de materiais recicláveis e produtos naturais. Em 1998, o Gol bolinha ganha a versão quatro portas, reflexo da nova tendência do mercado brasileiro influenciado pelas novidades que chegavam ao país desde o início da década com a abertura das importações de veículos.

Gol G3


Terceira geração do Gol – G3 -1999
Lançada em maio de 1999, a terceira geração do Gol deu ao carro novas linhas, com um caráter mais esportivo. A qualidade aumentou novamente com maior uniformidade e menores folgas nas junções dos painéis da carroceria, reforço estrutural minimizando as torções do monobloco, maior uso (70%) de chapas zincadas, resistentes à ferrugem, e novos tecidos e materiais de revestimento interno. O Gol Geração III foi o primeiro carro do segmento, no Brasil, a oferecer cinco anos de garantia contra a corrosão.

Em 2001, o Gol superou o Fusca como carro mais vendido no Brasil. Em março de 2003, o Gol ganhou o motor 1.6 Total Flex, tornando o carro precursor da tecnologia flexível. No mesmo ano, o Gol atingiu o marco de quatro milhões de unidades produzidas.

Gol G4


Quarta geração do Gol – G4 -2004
A quarta geração do Gol chegou no mês de agosto de 2005 com novo visual e alguns pontos que não agradaram tanto. O design ficou ainda mais arredondado, com a traseira trazendo elementos circulares nas lanternas e aerofólio, integrado à tampa do porta-malas. Na dianteira, o novo design destacava o elemento em “V”, alinhando o carro com a identidade mundial da marca Volkswagen. No entanto, o acabamento interno foi alvo de grandes críticas. No lugar do belo quadro de instrumentos do G3, que tinha conta-giros e velocímetros separados e com com iluminação em azul, o G4 trouxe um painel mais simples, com leitura mais difícil por conta da utilização de um único aro. O acabamento geral ficou mais simples com a retirada dos revestimentos em tecido da portas (passando a ser totalmente de plástico).

Gol G5


Quinta geração do Gol – G5 -2008
Com o Gol G5 em junho de 2008, a Volkswagen corrigiu os principais problemas relacionados ao acabamento e retomou as virtudes positivas. O carro ganhou uma nova plataforma, com o motor e câmbio posicionados transversalmente, maior largura e maior altura. A nova arquitetura permitiu encurtar a carroceria. Uma nova suspensão e sistema de direção, inspirados nos do Polo, deram ao carro mais estabilidade e uma dirigibilidade superior ao G4. Um ano depois, o Gol G5 passou a oferecer, como opcional, a nova transmissão automatizada I-Motion.

VW Gol G5 Highline


Em julho de 2012, o Gol ganhou a reestilização com o visual de hoje.
Este design o alinhou à nova identidade mundial da marca, com destaque para os faróis e lanternas mais quadrados inspirados no Polo europeu. Além disso, também evoluiu ao adotar uma nova arquitetura eletrônica.

Volkswagen Gol Rallye 2015


Hatch com novo motor 1.6 de 120 cv de potência.

O Gol em números:
• 27 anos consecutivos como o mais vendido no mercado nacional, é o carro que se manteve na liderança pelo maior período de toda a história da indústria no País
• 6.581.972 unidades comercializadas no mercado nacional
• 1,2 milhão de unidades exportadas para 66 países
• 8,7 milhões de unidades produzidas desde seu lançamento incluindo os períodos quando foi produzido na Argentina e Irã
• 7.755.071 unidades produzidas no País

Frango ao creme de milho

Emagrecer: Qual o limite?

Dicas para não sofrer mais com aces ...

Cama do casal – filhos dormire ...

Dieta de abacaxi para perder até 5 ...

Ranking das Melhores Dietas de 2019

Coisas que assustam na primeira visi ...

Filmes que todo empreendedor deve as ...

Combustível,
mês passado
gastou quanto?