Atrações turísticas abandonadas

Atrações turísticas abandonadas pelo mundo afora.

Ao redor do globo, lugares abandonados são, comumente, transformados em atrações turísticas. Ruínas e sítios arqueológicos, por exemplo, são locais muito visitados por manterem vivos os vestígios de antigas civilizações e resguardarem histórias seculares.
Mas não só essas estruturas baldias são alvo dos viajantes.

Lugares ainda mais inusitados, como cidades fantasmas e antigos estabelecimentos desativados também atraem curiosos.
Para algumas pessoas, estes locais, inabitados e rejeitados pela ação do homem, ou até mesmo destruídos por catástrofes naturais são o cenário ideal para se visitar, justamente por mexerem com o brio e as tensões dos mais aventureiros.

Cidades contaminadas por acidentes nucleares, ou parques desativados com brinquedos assustadores – como Spreepark, na Alemanha e Heritage, nos Estados Unidos – são exemplos de lugares sombrios constantemente frequentados por viajantes.
Em monumentos inaproveitáveis, os mais criativos apostam em outras maneiras de recuperação, criando galerias de arte e revitalizando-os de formas alternativas.
Contudo, a negligência e o abandono também propiciam casos interessantes de união entre escombros e ação da natureza. Em Bangcoc, na Tailândia, um shopping alagado virou um verdadeiro ecossistema marinho repleto de peixes. Já em Sydney, uma floresta foi naturalmente erguida em um navio ancorado por décadas.

Spreepark (Berlim, Alemanha)

Aberto em 1969, este parque foi uma das atrações mais populares da Berlim Oriental durante a Guerra Fria. Com o fim do conflito e a unificação do país, a população passou a ter outras opções de entretenimento no lado ocidental, e o Spreepark entrou em decadência, fechando em 2001. Hoje em dia, os brinquedos velhos e apodrecidos tornaram-se local turístico, com visitas guiadas pelas dependências do antigo estabelecimento.
1 atrações turísticas, mundo, turísticas, Spreepark, Heritage, viajantes, POD CITY, cidades fantasmas, catástrofes naturais, turismo

Pod City (San Zhi, Taiwan)

Projetado para ser um luxuoso resort, este conjunto de casas de arquitetura futurista nem chegou a ser habitado. A obra foi abandonada por conta da quantidade de acidentes durante sua construção e a falta de investimentos. Reza a lenda que os espíritos dos operários que morreram durante a obra ainda rondam pela região. Contudo, o local continua atraindo curiosos.
2 atrações turísticas, mundo, turísticas, Spreepark, Heritage, viajantes, POD CITY, cidades fantasmas, catástrofes naturais, turismo

Fortalezas Marinhas De Maunsell (Inglaterra)

Durante a Segunda Guerra, a constante ameaça de ataques aéreos e navais fez com que engenheiros britânicos criassem esta estrutura de defesa. Com o fim do conflito, as fortalezas foram abandonadas e, hoje, enferrujadas, se deterioram sobre as águas dos estuários do rio Tâmisa, em Londres, e do rio Mersey, em Liverpool.
3 atrações turísticas, mundo, turísticas, Spreepark, Heritage, viajantes, POD CITY, cidades fantasmas, catástrofes naturais, turismo

Floresta Flutuante (Baía De Homebush, Austrália)

Esta floresta que mais parece uma ilha é, na verdade, uma imensa carcaça de uma embarcação que ficou ancorada por muitos anos na Baía de Homebush, em Sydney, na Austrália. O navio modelo SS Ayrfield foi utilizado durante a Segunda Guerra e, posteriormente, abandonado na enseada, que virou um verdadeiro cemitério de barcos. Com o tempo, árvores começaram a nascer dentro do nau, criando uma floresta no meio do espelho d’água.
4 atrações turísticas, mundo, turísticas, Spreepark, Heritage, viajantes, POD CITY, cidades fantasmas, catástrofes naturais, turismo

Estruturas Das Olimpíadas De Inverno 1984 (Sarajevo, Bósnia E Herzegovina)

Quando ainda era uma cidade da extinta Iugoslávia, em 1984, Sarajevo foi sede dos Jogos Olímpicos de Inverno. Como normalmente é feito, a metrópole se preparou para o evento, com grandiosas estruturas e planejamento de legado. No entanto, anos depois, o país foi palco de uma grande guerra pela independência da Bósnia, e o sonho olímpico ficou em ruínas. Trinta anos depois, o local permanece abandonado, atraindo muitos turistas e curiosos para o parque.
5 atrações turísticas, mundo, turísticas, Spreepark, Heritage, viajantes, POD CITY, cidades fantasmas, catástrofes naturais, turismo

Castelo De Bodiam (East Sussex, Inglaterra)

Esta enorme fortaleza situada no sudoeste da Inglaterra foi erguida há mais de 600 anos por um nobre para proteger a região dos ataques franceses. Envolvido por uma belíssima paisagem do Vale Rother, o castelo virou uma famosa atração turística. Muitos séculos depois, sobraram apenas as ruínas.
6 atrações turísticas, mundo, turísticas, Spreepark, Heritage, viajantes, POD CITY, cidades fantasmas, catástrofes naturais, turismo

Mansões De Pablo Escobar (Isla Del Rosario, Colômbia)

No auge de seus lucros, Pablo Escobar – um dos maiores narcotraficantes da história – comprou um conjunto de belíssimas ilhotas no arquipélago das Islas del Rosario, no Caribe colombiano. Lá, construiu luxuosas casas onde eram realizadas festas badaladas e regadas a cocaína. O local também servia de refúgio para seus comparsas. Após sua morte, em 1993, alguns pedaços de terra foram confiscados pelo governo, e outros continuam abandonados. A região entrou no roteiro turístico da cidade, com passeios de barco que circulam pelas ilhas. Em meio às mansões arruinadas, uma imensidão de mar azul tipicamente caribenho.
7 atrações turísticas, mundo, turísticas, Spreepark, Heritage, viajantes, POD CITY, cidades fantasmas, catástrofes naturais, turismo

Próximo Post

Anterior Post



Top 50


iEXE




9dades
       Copyright 2000-2015 - 9dades