Como lavar e conservar biquínis e sungas

Os biquínis e sungas usados ao longo de uma temporada de calor devem receber alguns cuidados especiais para que sejam conservados e possam durar por muito mais tempo.

Bastante utilizados, tanto na praia quanto no clube, eles precisam ser lavados corretamente antes de serem colocados dentro do armário para que o sal da água do mar ou o cloro da piscina não acumule e acabe estragando os seus tecidos, deixando-os com aspecto envelhecido.

Além disso, é fundamental saber escolher os produtos adequados para efetuar as lavagens.

Como lavar

Um dos maiores pecados capitais cometidos contra esse tipo de roupa é a utilização do cloro e da água quente.
Juntos, eles danificam muito o elastano, que é o principal material usado na fabricação desses artigos.

Por essa razão, a palavra de ordem é lavar os itens com água fria e sabão neutro ou de coco.
Além disso, vale a pena secar as peças na sombra, para que a cor não desbote e o tecido não seja danificado pela ação do calor, e evitar o uso de pregadores para que elas não fiquem marcadas.

Como guardar

Depois de lavados, os biquínis e sungas podem sair do varal e ir direto para a gaveta, pois não precisam ser passados a ferro.
No entanto, assim que estiverem secos, devem ser colocados em saquinhos, que são ideais para mantê-los protegidos e ainda ajudam a deixar o guarda-roupa organizado.

Nesta hora, também é interessante dar uma atenção especial aos sutiãs com bojo, que não podem ser virados do avesso.
A dica é girar o centro de cada um deles para encaixar as partes com espumas uma na outra.

Postado: 12 meses / Visualizado: 214

Combustível,
mês passado
gastou quanto?