Controlar as finanças pessoais

Dicas de como controlar as finanças.
Nem sempre é fácil controlar nossos gastos, mas podemos utilizar um sistema simples que evita o estresse dos endividamentos.

Aqui vão algumas dicas:
Relacione os gastos já contratados como aluguel, condomínio, água, luz, telefone (fixo e celular), gás, plano de saúde e outros conhecidos.
São os chamados gastos fixos.
Não há necessidade de termos valores exatos, mas aproximados.

Inclua estimativas de gastos para compras mensais com supermercados, feira-livre, lavanderia, remédios e compras parceladas.
Não esqueça: comprar com cartão de crédito é fácil, porém a conta virá.
Pague sempre o total e nunca os 10% sugeridos, pois os juros do cartão são altíssimos e atingem até 12% ao mês.
Estime valores a serem gastos com entretenimentos tais como cinema, teatro, presentes para amigos e parentes.
São os chamados gastos variáveis.
No início do ano temos gastos extras como IPTU, IPVA e matriculas em escolas.
Em seu plano financeiro para ANO VIGENTE não deixe de incluí-los.
Em geral, o 13º salário ajuda a cobrir tais despesas.

controlar as finanças,dicas,finanças, gastos, financeiro pessoal, controle pessoal, despezas, receita, variáveis 1

A soma dos gastos citados não poderá passar de 80% dos seus rendimentos, restando 20% para cobrir eventualidades e manter o equilíbrio emocional. Como ninguém é de ferro, esta reserva financeira servirá para despesas com férias.
Estamos em época de intensificação do consumismo.
Créditos oferecidos para compra de automóveis, eletrodomésticos e computadores, podem entusiasmar. Recomendamos cautela porque prazos longos e pequenas prestações podem iludir, porém ai é que reside o perigo. Não se deixe enganar e pense sempre no total que vai pagar. Em geral não vale a pena.

controlar as finanças,dicas,finanças, gastos, financeiro pessoal, controle pessoal, despezas, receita, variáveis 2

Próximo Post

Anterior Post



Top 50


iEXE




9dades
       Copyright 2000-2015 - 9dades