Cuidados e manutenção de celular, smartphone e tablet

Há erros comuns que podem acabar com o seu celular, smartphone e tablet.
Nunca desligá-lo ou limpá-lo são alguns dos pecados mortais, alertam os especialistas.

Cada vez mais perder o telefone celular, smartphone ou tablet pode significar uma verdadeira tragédia.

Para que não venhamos passar por esses momentos de panico, devemos nos precaver tendo como habito alguns cuidados.

Regra de ouro para celular, smartphone ou tablet:
Fazer a limpeza interna nos aparelhos significa eliminar arquivos desnecessários que ocupam espaço.
Nessa hora da faxina é importante ser sangue frio e calculista e se desapegar de arquivos sem real utilidade.

Vida longa para celular, smartphone ou tablet

Erros que devem ser evitados

Nunca desligá-lo
Uma das vantagens do telefone celular é facilitar a mobilidade do usuário.
Especialistas afirmam que há duas boas razões para desligá-lo de tempos em tempos: prolongar a vida útil da bateria e reiniciá-lo, assim como fazemos com o computador.

O primeiro argumento, no entanto, é mais controverso.
Há várias correntes de pensamento sobre o uso adequado da bateria do celular: uma diz para desligá-lo; outra afirma que o procedimento não faz diferença.

Em relação ao segundo, o objetivo é interromper processos que estão sendo realizados em segundo plano e frear “vazamentos de memória”, ou seja, aplicativos que estão ocupando espaço e consumindo energia da bateria.

Não usar proteção contra vírus e malwares
Celular, smartphone ou tablet também são alvo de ataques maliciosos de vírus e outros malwares.
Se seu celular funciona com o sistema operacional Android, vários aplicativos, como Lookout, Avast ou TrustGo podem mantê-lo imune a ataques ou mesmo eliminar ameaças.

O mesmo não acontece no caso de iPhones.
A Apple é responsável pela distribuição de patches de segurança quando detecta uma ameaça potencial.
Dessa forma, é necessário manter o sistema sempre atualizado.

Alguns especialistas desaconselham manter antivírus nos telefones por causa do espaço que ocupam e por que podem desacelerar o funcionamento.
Manter antivírus é uma questão de balancear riscos e benefícios.
Se optar em não manter um aplicativo de proteção instalado, pode-se fazer de tempo em tempo uma varredura e após desativar ou remover o aplicativo.

Não limpá-lo
Limpar o celular, smartphone ou tablet por fora, apenas com um pano de microfibra, elimina as bactérias que se acumulam no dispositivo e reduz o risco do próprio usuário contrair doenças. Não use produtos químicos, pois eles podem danificar seu aparelho.

Mas há outro tipo de limpeza: a interna, que significa eliminar arquivos desnecessários que ocupam espaço.

Mais uma vez, há duas recomendações conflitantes: enquanto alguns especialistas aconselham usar um aplicativo de limpeza, como o Cleanmaster ou o TapCleaner, outros acreditam que a melhor forma seja apagar manualmente tudo o que não for vital, como informado acima na regra de ouro.

Expô-lo a condições adversas
A chave é saber o grau de proteção IP (Ingress Protection, em inglês) de seu celular, smartphone ou tablet, indicando a resistência do dispositivo não só à água, mas também à poeira.
Quanto mais alto for esse grau, mais resistente o aparelho é.

E embora os celulares, smartphones ou tablets sejam muito mais resistentes à água do que no passado, poucos são os modelos que funcionam submersos.

Dois aparelhos atuais que supostamente resistem ao teste são o Samsung Galaxy S7 e iPhone 6. Mas ambos sofreram danos em uma avaliação independente realizada neste ano pela empresa de tecnologia SquareTrade.

Quanto ao calor, há um consenso de que não é uma boa ideia expor seu aparelho a altas temperaturas, seja na praia, no deserto ou no interior do seu carro estacionado.

Carregá-lo no bolso
Este é um erro considerado inevitável para a maioria dos especialistas.
Carregar o aparelho no bolso aumenta as chances dele cair no chão, na privada ou em outras superfícies inadequadas.
Além disso, pode representar riscos para a saúde, pela radiação que os aparelhos emitem.
Por essa razão, os manuais de vários modelos de iPhone, incluindo o 6, recomendam não carregá-los no bolso.

Como pode ser visto as dicas são simples de serem aplicadas e os erros são fáceis de serem evitados.
É só uma questão de capricho e evita-se o stress de uma pane em seu celular, smartphone ou tablet.

Próximo Post

Anterior Post



Top 50


iEXE




9dades
       Copyright 2000-2015 - 9dades