Depilaçao genital

Depilação genital feminina

Os prós e contras de cada método e os cuidados indispensáveis a adotar
Transversal a todas as faixas etárias, a depilação genital é hoje uma prática sem tabus, regida por fatores culturais e estéticos que aumentam a autoestima feminina e masculina.
Mas, simultaneamente, do ponto de vista ginecológico, podem existir alguns problemas associados.

Depilaçao genital, Depilaçao, genital, Depilação genital feminina, feminina, virilhas, vagina, vaginais, benefícios, ato sexual, sexual, depilar, partes íntimas, íntimas

Barreira protetora

Não é por acaso que é nas zonas de atrito (axilas e virilhas) que existem mais pelos. Estas têm também a função de diminuir o atrito nestas zonas, protegendo de algumas lesões cutâneas nomeadamente dermatite de contacto (conhecida por assado).
O principal mecanismo de limpeza da vagina é o corrimento.
Funciona como um duche vaginal e, desde que não tenha odor nem prurido, é saudável.

Selecionar método

Os métodos depilatórios devem ser adequados ao estilo de vida e às necessidades de cada mulher.
É importante, ainda, estar atento se existem problemas que se repetem na sequência da depilação como infeções urinárias e vaginais, prurido ou comichão.
Nesse caso, deve-se ponderar a hipótese de deixar de depilar essa zona.


Depilaçao genital, Depilaçao, genital, Depilação genital feminina, feminina, virilhas, vagina, vaginais, benefícios, ato sexual, sexual, depilar, partes íntimas, íntimas

Para além de conceder uma maior sensualidade às mulheres jovens, nas faixas etárias após a menopausa, a depilação genital pode ter um aspeto positivo.
Com o avançar da idade, os pelos púbicos ficam brancos e mais rarefeitos.
Nestes casos, as mulheres sentem uma certa inibição perante os companheiros e muitas optam por pintar, o que causa, por vezes, algumas alergias, encontrando na depilação uma solução para o problema.

Depilaçao genital, Depilaçao, genital, Depilação genital feminina, feminina, virilhas, vagina, vaginais, benefícios, ato sexual, sexual, depilar, partes íntimas, íntimas 4

Desvantagens

Nem tudo são benefícios. Também existem pormenores que a obrigam a estar alerta:
– Aparecimento de infeções
Os pelos protegem a uretra e a vulva e, por isso, previnem infeções urinárias e vaginais.
– Diminuição da sensibilidade
Se inicialmente a ausência de pelos aumenta a sensibilidade da pele, com o passar do tempo e a habituação, essa sensibilidade diminui.
No entanto, sabe-se também que a tração do pelo púbico durante as relações sexuais pode estimular as terminações nervosas nesta zona.
– Dermatite de contacto
Desde que se começam a depilar, algumas mulheres recorrem às consultas de ginecologia porque sentem prurido e a pele irritada devido à depilação.

Depilaçao genital, Depilaçao, genital, Depilação genital feminina, feminina, virilhas, vagina, vaginais, benefícios, ato sexual, sexual, depilar, partes íntimas, íntimas 1

Próximo Post

Anterior Post