Dicas de como incluir fibras na sua alimentação.
A fibra alimentar é a parte comestível de plantas que são resistentes à digestão e absorção no intestino delgado de seres humanos, podendo ter sua fermentação completa ou parcial.

Nas últimas décadas, a fibra alimentar tem sido apontada como responsável por uma série de eventos nutricionais e fisiológicos, potencialmente benéficos à saúde humana, além da comprovada associação com a saúde do intestino e prevenção de patologias como a obesidade e o diabetes tipo II, doenças cardiovasculares e constipação intestinal, provavelmente pela sua influência positiva no metabolismo da glicose, pela indução da saciedade e pela aceleração do trânsito intestinal.

Café da manhã

Polvilhe aveia nas frutas, principalmente naquelas mais ácidas, como o abacaxi, que também é rico em fibras.
Se você não fica sem o pão na chapa, troque o branco por sua versão integral, que também vai equilibrar o açúcar no sangue.
Para as vitaminas, maçã, laranja e banana são as melhores opções.

Almoço e Jantar

Alguns tipos que não podem faltar: Feijão preto, Batata Doce, Brócolis, Milho, Alcachofra, Soja, abóbora e a cenoura são grandes aliadas, cozidas, refogadas ou no vapor.
Ambas podem acompanhar a salada de folhas ou o arroz integral (também deixe de lado a versão branca) e deixar você saciado mais rapidamente.
Se não quiser o arroz, troque por uma pequena porção de batata, também rica em fibras.

Suplementação Alimentar

Existem suplementos alimentares emagrecedores que, ao invés de conter apenas substâncias que queimam gordura, são à base de fibras. No final das contas, são mais eficientes, pois fazem com que você sinta menos fome e, consequentemente, se alimente melhor, sem passar vontade e sem sofrer.