Guerra do Vietnã – Vietnam War

Tecnicamente, não se diz que os Estados Unidos de fato perderam a Guerra do Vietnã, mas, que, na verdade, eles falharam ao vencê-la.
Eles não conseguiram conter o avanço do comunismo, que foi apresentado ao público como o objetivo principal de toda a campanha, portanto, não atingindo esse objetivo significou a derrota, o quê, tecnicamente, não é verdade.

Os Estados Unidos usaram o argumento do “efeito dominó” para irem à guerra no Vietnã, afirmando que, se o Vietnã do Sul caísse nas mãos do comunismo, logo o mesmo aconteceria com muitos outros países como Laos, Camboja, Tailândia, Índia e Birmânia. As razões específicas de como os Estados Unidos perderam a guerra, podem ser divididas em algumas categorias distintas: táticas de guerrilha do exército vietcongue, o terreno e a inesperada força do norte.

A Guerra do Vietnã foi a primeira a ter cobertura total da imprensa, dando a oportunidade da população americana testemunhar quase que imediatamente o que acontecia nas linhas de frente.

Esse fato desempenhou um papel de grande importância na guerra e parecia que os EUA não estavam apenas lutando uma guerra no Vietnã, mas uma guerra na sua própria casa, já que logo o governo perdeu o apoio do popular, graças à cobertura televisiva.

Ver as tropas do seu próprio país morrerem na guerra, levou a numerosas manifestações públicas de estudantes veteranos em Washington.
Em 2 de Novembro de 1965, por exemplo, o Quaker Norman Morrison pôs fogo em si mesmo, do lado de fora do Pentágono, numa forma de imitar os protestos budistas, que estavam ocorrendo no Vietnã, ao mesmo tempo. Martin Luther King se declarou contra a guerra em diversas oportunidades, liderando uma marcha com mais de 5.000 participantes contra a guerra, em 1967, na cidade de Chicago.

Além disso, os Estados Unidos não tiveram apoio de muitos países durante o decorrer da guerra. A Austrália continuou como único país aliado, enquanto a Grã-Bretanha permaneceu neutra. Obviamente, tantos protestos não ajudaram na moral dos soldados ou do comando.

Os vietcongues lutaram uma guerra de guerrilha, na qual atacavam em grupos pequenos de três a dez tropas, emboscando veículos e pelotões americanos desguarnecidos, e muitas vezes perdidos na selva.

Os vietcongues também sabiam com maestria como se retirarem de um local por meio da selva, atraindo as tropas americanas para diversas armadilhas deixadas na selva. Esse terreno desconhecido, e tropas inexperientes, com uma faixa etária de 19 anos (na Segunda Guerra Mundial, a média era de 27 anos, por exemplo). O clima severo também contribuiu para a derrota americana.

O fato dos sul-vietnamitas também perderem a fé nas tropas americanas não ajudou no esforço em derrotar os vietcongues.
Esses se misturavam com camponeses comuns, vestindo as mesmas roupas que os vietnamitas do sul, criando um enorme desafio para as tropas dos EUA distinguirem as pessoas entre vietcongues e os vietnamitas civis, e muitas vezes inocentes eram mortos como resultado dessa tática.

Guerra do Vietnã Guerra Vietnã Vietnam War Vietnam War House of the Rising Sun guerrilha tropas EUA vietnamitas Ho Chi Minh Guerra Fria vietcongues 7

Trilha Ho Chi Minh

O exército vietcongue era alimentado anualmente com 220.000 armas, 114 milhões de cartuchos de munição, 4.500 de armas de artilharia e mais 1,8 milhão de cápsulas de artilharia, vindas da China, além de mais de 3.000 militares soviéticos especialistas em guerra, incluindo pilotos que participavam em missões de combate contra os Estados Unidos, ajudando os vietcongues a se igualarem aos americanos em poder de fogo.

Os vietcongues também tinha à sua disposição a famosa trilha Ho Chi Minh, um caminho que passava pelo Laos e Comboja, responsável por abastecer o exercito comunista sem que houvesse confrontos desnecessários com as tropas capitalistas.

Guerra do Vietnã Guerra Vietnã Vietnam War Vietnam War House of the Rising Sun guerrilha tropas EUA vietnamitas Ho Chi Minh Guerra Fria vietcongues 1

Essa estrada era tão importante, que, durante o período de 1965 a 1971, foram lançadas mais bombas sobre ela que todas as bombas lançadas durante toda a Segunda Guerra Mundial.
Os vietcongues também estavam sempre dispostos a entrar num conflito aberto contra os americanos ou contra os soldados vietnamitas.
Sempre que o exército comunista atacava um destacamento americano, eles faziam de uma forma com quê eles fossem pegos da forma mais despreparada, permanecendo o mais próximo possível do alvo, para que os americanos ficassem impedidos de usar sua artilharia.
Diferente dos americanos, os vietcongues eram mais resistentes às condições da selva, sendo capazes de suportar o clima e a pouca comida, além das várias doenças.

As táticas americanas eram claramente inadequadas para esse conflito.
De fato, durante toda a guerra, eles tentaram usar a sua superioridade de fogo e de mobilidade, usando bombardeiros B-52, que despejaram mais de 8 milhões de toneladas de explosivo, como o napalm. Mas o que aconteceu na realidade, é que isso só serviu para provocar atrocidades contra os civis vietnamitas, inocentes, tendo pouquíssimo impacto em destruir alvos militares ou bases da infraestrutura do Vietnã do Norte.

Como apenas 12% daquele país era industrializado até então, muitas escolas e hospitais foram usados como alvos, sendo destruídos no processo.
Muitas patrulhas partiram para procurar vietcongues aos arredores da cidades, porém essas patrulhas era muito visíveis, se tornando alvos fáceis para uma emboscada, provocando uma intensa desmoralização nas tropas, que sentiam estar sendo usadas como isca. Essa tática levou a catástrofes, como o massacre do pacífico vilarejo de My Lai, em 1968, quando centenas de civis, na maioria mulheres e crianças, foram executados por soldados americanos.
Antes de serem mortas, algumas das vítimas foram estupradas e molestadas sexualmente, torturadas.

Guerra do Vietnã Guerra Vietnã Vietnam War Vietnam War House of the Rising Sun guerrilha tropas EUA vietnamitas Ho Chi Minh Guerra Fria vietcongues 0

Ao fim da guerra, os Estados Unidos registraram 58.220 mortos, 1.687 desaparecidos e 303.635 feridos no Vietnã, e logo que o Presidente Nixon assumiu a presidência, as tropas foram trazidas de volta, com o Estados Unidos auxiliando o Vietnã apenas financeiramente.

O fato de quê os EUA não estavam acostumados às táticas de guerrilha empregadas pelos vietcongues, e a estratégia equivocada de usar seu poder de fogo superior, também desempenharam um papel importante na retirada das tropas americanas do Vietnã.

Após a retirada americana, o Vietnã logo caiu no comunismo, e os vietnamitas tiveram que lutar contra o Camboja e a China antes de conseguirem declarar independência, restando um Vietnã destruído pelo conflito, com toda a infraestrutura do país destruída, milhões de vidas perdidas e as áreas agrícolas intoxicadas pela poluição causada pelos agentes químicos usados pelos americanos.

Os Estados Unidos perderam seu status de protetor da liberdade com tantas notícias de atrocidades causadas aos civis do Vietnã. Além disso, as forças armadas registraram mais de 700.000 soldados com problemas psicológicos e traumas que se mostrariam irreversíveis.
Após o conflito, o país abandonaria a chamada Doutrina Truman, que alimentava a Guerra Fria.
Fonte: infoescola

Guerra do Vietnã Guerra Vietnã Vietnam War Vietnam War House of the Rising Sun guerrilha tropas EUA vietnamitas Ho Chi Minh Guerra Fria vietcongues 8

Próximo Post

Anterior Post



Top 50


iEXE




9dades
       Copyright 2000-2015 - 9dades