Panelas – Modelos e materiais

Na hora de montar uma cozinha, sempre existe o mesmo dilema: qual panela comprar?
São tantas as opções que é fácil ficar na dúvida de qual escolher.

Abaixo informações sobre os mais diversos modelos e materiais.

Panelas – Materiais

Panelas de cobre
Geralmente recomendadas para o preparo de doces, caldas de açúcar, massas finas de panquecas, molhos e qualquer alimento cujo preparo demande grande controle de temperatura. Sua maior vantagem é o aquecimento rápido e a difusão homogênea do calor.

Panelas com antiaderente
Se você quer um dia a dia prático, aposte nas panelas com starflon antiaderente.
Elas são ótimas para a comida diária, como arroz, estrogonofe e cozinhar vegetais no vapor.
O starflon antiaderente aplicado no interior de panelas garante que o alimento não grude no fundo.
Suas principais vantagens são a dispensa do uso de gordura, o peso leve, o aquecimento rápido e o fato de manter bem o calor.

Panelas em aço inox
A panela feita para todos. Boas para qualquer tipo de alimento, são as mais usadas pelos chefs.
Com o fundo triplo, garantem um desempenho térmico difícil de ser encontrado em outras panelas.
Suas principais vantagens são a alta durabilidade, o cozimento rápido e uniforme, resistência a choques térmicos e o fato de serem fáceis de limpar.

Panelas – Modelos e materiais
Panelas – Modelos e materiais
Panelas – Modelos e materiais

Panelas – Modelos

Paellera
Rasa, com laterais abertas e fundo reto. Modelos menores podem ser levados ao forno para gratinar alimentos. Ideal para: preparo de paella.

Caldeirão
Mais fundo que a caçarola, possui duas alças. Ideal para: feijoadas, ensopados com muitos ingredientes, caldos e sopas.

Cozi-Vapore
É um acessório para cozinhar no vapor. A mesma deve ser acoplada a uma panela com diâmetro correspondente.
Ideal para: legumes e frango para desfiar.
Possui reservatório inferior para armazenar água. Em sua base, tem uma peça redonda com orifícios. Ideal para legumes e frango para desfiar.

Panquequeira
Rasa, tem pequenas bordas. Ideal para: crepes, tapioca, panquecas e massas finas.

Panela Lyon
Funciona como forno, pois a espessura mais grossa das paredes do corpo e da tampa mantém a temperatura interna constante.
Além disso, seu revestimento interno com antiaderente, permite cozinhar vários pratos sem o uso de óleo ou gordura.
Ideal para: preparar bolos, pudins, carnes, pizzas, pães.

Wok
Com uma tampa de vidro, grelha que serve de apoio na preparação dos alimentos e recipiente para cozinhar no vapor, a panela Wok é ideal para: carnes, frango, assados, gratinados e peixes.

Espagueteira
Composta de caldeirão e escorredor interno, ambos com alças laterais.
Ideal para: cozinhar massas, pode ser utilizada para o preparo de legumes.

Caçarola
Com duas alças laterais, é grande e funda. Possui tampa.
Tem a boca mais estreita que o fundo. Ideal para: feijão, arroz, ensopados, geléias e compotas.

Chapa
Em diversos formatos, pode ter alças ou cabo. Modelos com ranhuras permitem o escoamento da gordura.
Ideal para: bifes, filés de frango e grelhados em geral.

Frigideira Rasa
Baixa, redonda e com cabo longo. Ideal para: frituras com pouco óleo, legumes semigrelhados, ovo frito, farofas e alimentos que não soltam muito líquido.

Frigideira Funda
Disponível com ou sem tampa. Ideal para: frituras de imersão, com bastante óleo.
Não é recomendada para frituras com pouco óleo, porque pode abafar o alimento, fazendo com que solte líquido.

Panelas de Pressão
Boas para grãos,batatas,abóboras e carnes.
Cozinha ingredientes três vezes mais rápido, graças ao sistema de vedação.
Ele comprime o vapor dentro da panela, agitando as moléculas e aumentando rapidamente o calor do líquido.Vantagens: versatilidade, preço e rapidez no cozimento, o que economiza tempo e gás.

Cuscuzeira
Como já indica o nome, essa panela é ideal para o preparo do cuscuz, prato típico do nordeste brasileiro.
Ainda assim, a cuscuzeira pode ser aproveitada para o preparo de legumes no vapor. Vantagens: cozimento rápido e uniforme.

Omeleteira
Se você cansou de grudar o ovo na panela ou de terminar com a sua omelete transformada em um simples ovo mexido porque na hora de virar dá sempre tudo errado, a melhor solução é adquirir uma omeleteira!

Usando uma omeleteira bastam poucos minutos e o resultado é uma omelete macia e saborosa.
E para usar é super fácil: você precisa apenas bater os ovos e pensar no recheio, você coloca na omeleteira e panela garante a qualidade.
Suas principais vantagens são a dispensa do uso de gordura, a antiaderência que não deixam os alimentos grudarem, o aquecimento rápido e o fato de que pode ser utilizada no fogão a gás, elétrico e vitrocerâmico.

Próximo Post

Anterior Post