O professor Charles Spence da Universidade de Oxford, na Inglaterra acredita que é possível sentir-se satisfeito consumindo menos calorias.

O professor afirma que a satisfação de comer é em grande parte emocional e assim se quiser emagrecer induza a sua mente a ter a percepção de satisfação com alguns truques.

Aumentar o aroma e a textura das refeições para que o cérebro rapidamente acredite que as necessidades do corpo já foram atendidas.

Quanto mais sensações de alimentos você pode reunir, melhor.
Um aroma mais forte, mais textura, tudo ajuda seu cérebro a decidir quando já é o suficiente.

Certifique-se de inalar o aroma da sua comida com freqüência, afinal, é aqui que reside a maior parte do prazer.

Não beba água gelada com as suas refeições.
Beber água gelada nas refeições adormece o paladar e pode levar a comer demais.

Comer em pratos pequenos e, se possível, vermelhos.
A cor vermelha desencadeia a evitação no cérebro e faz com que você se sinta com menos fome.

Comer com o prato no colo e, se possível, pesado, em vez de sobre a mesa, também induz o cérebro para comer muito menos, porque o peso engana a mente para pensar que há mais no prato do que na verdade.

Tentar comer com a mão oposta ao seu habitual.

Tentar comer devagar e com atenção.

Comer com atenção na TV é uma das piores coisas que você pode fazer em termos de aumento do consumo.
As pessoas comem 15% a mais estando atenta na televisão.
O perigo é que não se presta atenção à estimulação relacionada a alimentos.

Se você se encontrar comendo na frente da TV ou computador, pense sobre o que está fazendo.

Divida as porções corte uma pizza ou um bolo em mais pedaços do que o habitual.

Beber água, meio litro 30 minutos antes da refeição reduz o consumo em uma média de 40 calorias.

Coma na frente do espelho para realmente você reconheça quanto você está comendo e o que esta comendo.

Evite comer sozinho comer com amigos e/ou familiares incentiva escolhas mais saudáveis.